Home
sábado, 22  de setembro de 2007|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Animais em Circo >> Crueldade dos Circos.
Crueldade dos Circos.Responder sobre Crueldade dos Circos.
Administrador AB
4/1/2007
Os Circuses são considerados um dos formulários os mais velhos do entertainment, e o ASPCA tem trabalhado para assegurar a proteção para os animais usados neles desde o atrasado - século do th 19. E hoje, como para trás então, sempre que o circus vem a New York City, os agentes humanos do enforcement de lei de ASPCA estão na mão para inspecionar as circunstâncias sob que os animais são mantidos. E quando nós soubermos que a maioria de povos vão ao circus porque amam animais, o que não realizam é que estão suportando uma indústria que acople na crueldade animal.   
 
Então…  Pelos 1950s, os povos do circus eram começo justo para considerar animais necessidades psicológicas e do exame, mas nos dias adiantados do ASPCA, os alimentadores confiaram unilaterally na intimidação, medo e nenhum mais menos do que a tortura para manipular suas cargas sob o alto grande e atrás das cenas. Os alimentadores no circus de P.T. Barnum usaram geralmente “o método ardente” subdue animais, e no Henry do founder de 1879 ASPCA Bergh prendeu um instrutor para empurrar um poker quente acima do tronco de um elefante. As condições de carcaça foram deplorable, demasiado, e o menagerie de Barnum de animais selvagens succumbed às flamas três vezes antes que as sugestões do Bergh finalmente seguido do showman expandir e strengthen as gaiolas, para limitar o uso do fundamento inflamável da palha, e o jardim quadrado de Madison do equipamento com cada dispositivo fire-proofing do dia.   
 
 … e agora  Hoje, nós somos concernidos com os métodos de treinamento humanos, as introduções do transporte e a crueldade inerente envolvida em forçar os animais selvagens prisioneiros a executar. De acordo com clientes por diversos Ringling anterior Bros. empregados e o departamento de ESTADOS UNIDOS de agricultura (USDA), elefantes que executam em Ringling Bros. os circuses estão mantidos rotineiramente nas correntes para contanto que 23 horas um o dia do tempo forem bebê-e forem batidos repetidamente com bullhooks afiados. A documentação de uma investigação do USDA encontrou esse Ringling Bros. feridas grandes inflicted em elefantes do bebê durante um processo em que os animais, menos de dois anos velho, foram removidos forçosamente de suas mães. No selvagem, os elefantes do bebê não weaned até que tenham aproximadamente quatro anos velhos. As fêmeas permanecem com suas mães e o descanso de suas unidades sociais por suas vidas inteiras.    
 
 Todo este tratamento violates a lei, e constitui a crueldade. É hora de terminar esta prática archaic.
 
O QUE VOCÊ PODE fazer   - Não ir ao circus-a menos que for um que não caracteriza nenhuns performers animais. Dizer seus amigos, família e colegas de trabalho para não atender ao circus, qualquer um.    - Quando Ringling Bros. está na área, escreve uma letra ao editor do papel local explicar porque o circus não deve ser suportado.    - Contatar o venue que estará hospedando Ringling Bros.mostrar e pedir que retirem o invitation ou, muito no menos, não os convidar para trás ano seguinte.    - Falar a seus miúdos sobre porque os circuses são cruéis. Visitar o Web site das nossas crianças, ASPCA Animaland, para a informação sobre circuses que é escrita especialmente para miúdos.
 
Circuses are considered one of the oldest forms of entertainment, and the ASPCA has been working to ensure protection for the animals used in them since the late 19th century. And today, as back then, whenever the circus comes to New York City, ASPCA humane law enforcement agents are on hand to inspect the conditions under which the animals are kept. And while we know that most people go to the circus because they love animals, what they don t realize is that they are supporting an industry that engages in animal cruelty.
Then...
By the 1950s, circus folk were just beginning to consider animalspsychological and physical needs, but in the early days of the ASPCA, handlers unilaterally relied on intimidation, fear and no less than torture to manipulate their charges both under the big top and behind the scenes. Handlers in P.T. Barnum s circus commonly used the "burning method" to subdue animals, and in 1879 ASPCA founder Henry Bergh arrested a trainer for thrusting a hot poker up an elephant s trunk. Housing conditions were deplorable, too, and Barnum s menagerie of wild animals had succumbed to flames three times before the showman finally followed Bergh s suggestions to expand and strengthen the cages, limit the use of flammable straw bedding, and outfit Madison Square Garden with every fire-proofing device of the day.
...and Now
Today, we are concerned with humane training methods, issues of transport and the inherent cruelty involved in forcing captive wildlife to perform. According to accounts by several former Ringling Bros. employees and the U.S. Department of Agriculture (USDA), elephants who perform in Ringling Bros. circuses are routinely kept in chains for as long as 23 hours a day from the time they are babies-and are repeatedly beaten with sharp bullhooks. Documentation from a USDA investigation found that Ringling Bros. inflicted large wounds on baby elephants during a process in which the animals, less than two years old, were forcibly removed from their mothers. In the wild, baby elephants are not weaned until they are about four years old. Females stay with their mothers and the rest of their social units for their entire lives.
 
All of this treatment violates the law, and constitutes cruelty. It is time to end this archaic practice.
 

WHAT YOU CAN Do
- Don t go to the circus-unless it s one that doesn t feature any animal performers. Tell your friends, family and coworkers not to attend the circus, either.
- When Ringling Bros. is in the area, write a letter to the editor of the local paper explaining why the circus should not be supported.
- Contact the venue that will be hosting Ringling Bros.show and ask them to withdraw the invitation or, at the very least, not to invite them back next year.
- Talk to your kids about why circuses are cruel. Visit our children s website, ASPCA Animaland,  for information about circuses that s written especially for kids.



RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |