Home
sábado, 22  de setembro de 2007|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Carroças Tração Animal >> Uruguaiana retirará título de "Capital das Carroças" de Porto Alegre?
Uruguaiana retirará título de "Capital das Carroças" de Porto Alegre?Responder sobre Uruguaiana retirará título de "Capital das Carroças" de Porto Alegre?
Administrador AB
8/1/2007

CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2006

URUGUAIANA
Potro nasce no Centro da cidade

Populares ajudaram no parto em plena via pública
Dezenas de populares acompanharam uma égua de carroceiro dar cria em plena via pública, por volta das 16h de ontem, na esquina da rua Domingos de Almeida com General Canabarro, Centro de Uruguaiana. Enquanto não chegava o socorro especializado, transeuntes auxiliaram o animal. Às 17h, uma viatura da PRF levou a égua e o potrinho ao Hospital Veterinário da PUCRS local. A demora no atendimento, disse o diretor do Meio Ambiente, Francisco Valls de Moraes, deveu-se à falta de viatura apropriada, além de não ser de competência direta da Pasta.

CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 28 DE SETEMBRO DE 2006
Uruguaiana disciplina carroceiros
Cidade da Fronteira-Oeste tem 1,2 mil carroças circulando e mais 1,5 mil cavalos usados no trabalho
Audiência na Câmara reuniu representantes dos corroceiros


Um grupo de 50 carroceiros participou ontem, na Câmara de Vereadores de Uruguaiana, de audiência pública para discutir os problemas da categoria. O resultado foi a criação de uma comissão especial para estudar alterações na legislação vigente, que será formada por entidades de condutores de veículos de tração animal, prefeitura e vereadores. Foram debatidas questões de maus tratos aos animais, condução de carroças por crianças e jovens, falta de sinalização e emplacamento dos veículos de tração animal. Foram tratadas ainda a inexistência de bebedouros na periferia da cidade, a utilização de cavalos doentes por carroceiros e o excesso de peso transportado pelos animais. Segundo o diretor de Meio Ambiente, Francisco Valls de Moraes, há 828 carroças emplacadas e ao menos outras 400 rodando clandestinamente no município.

Proposta pela vereadora Jussara Osório, a audiência demonstrou a necessidade de se revisar a legislação municipal, elaborada há 12 anos, que descreve os direitos e deveres dos condutores de veículos de tração animal. Os carroceiros pediram mais atenção do poder público, reclamando da falta de área destinada ao pastoreio dos animais e de atendimento veterinário na prefeitura. A veterinária Marília Alves explicou que há três veterinários na prefeitura, destacando que em quatro anos nunca foram chamados para realizar o tratamento preventivo dos animais.Quando somos chamados, não conseguimos salvar os cavalos porque os casos são extremos , disse.

De acordo com o diretor de Meio Ambiente, existem cerca de 1,5 mil cavalos, tanto na área urbana quanto no subúrbio de Uruguaiana, mantidos pelos carroceiros sem receber os devidos cuidados com a saúde, segurança e a guarda. Um desses animais protagonizou o episódio inusitado de parir, às 16h de segunda-feira, na rua Domingos de Almeida, uma área de grande fluxo de veículos e de pedestres da cidade.


RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |