Home
sábado, 22  de setembro de 2007|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Emocionante >> Linda História: Amor e Saúde - Oliver para Adoção - SP
Linda História: Amor e Saúde - Oliver para Adoção - SPResponder sobre Linda História: Amor e Saúde - Oliver para Adoção - SP
Administrador AB
27/3/2007

Amor e Saúde – História do Oliver

Oliver é o exemplo perfeito de como o abandono pode desestabilizar e destruir um animal ou qualquer ser vivo.
Ele foi abandonado e se escondeu em um mato perto de casa e lá ficou acuado, como se estivesse esperando a própria morte. Se eu não tivesse esta visão de
raios-X com que a natureza me premiou, nunca iria encontrá-lo.
Quando o resgatei, percebi que ele se alimentava apenas por necessidade e que a tristeza e depressão estavam tomando conta dele.
Não demorou muito e Oliver começou a ficar doente: primeiro foi a doença do carrapato que foi tratada com sucesso. Logo depois ele teve um problema de
fungos na pele e perdeu grande parte dos pelos.
Comia sem vontade e estava sem nenhuma resistência física. Então, pegou tosse dos canis, uma gripe canina que não respeita os fracos.
E logo a depressão tomou conta dele: era triste ver como ele ia enfraquecendo e a cada dia que passava ficava mais debilitado.
Foi então que eu o trouxe para minha casa e resolvi que ele iria ser tratado como um menino doentinho: muita atenção, carinho, cuidados e boa alimentação.
Oliver precisava voltar a sentir que era importante para alguém. Quando ele percebeu que era amado novamente, começou a reagir e a lutar pela vida.
Em pouco tempo seu pelo cresceu e ficou sedoso e então eu consegui penetrar sua alma, que considerava perdida.
Vocês irão me dizer que nem todos os seres vivos conseguem ter esta atenção e este cuidado para poder reagir.
Certo.
Mas, os humanos podem inverter esta situação e dar esta atenção, ao invés de recebê-la, e assim poderão se sentir úteis.
Tudo é uma questão de escolha e de como você quer gastar sua energia.
Quando você dá alguma coisa para outra pessoa, fica tão feliz e recompensado como aquele que recebe. Este é o segredo: as pessoas  precisam se dar mais e
com este gesto, irão receber mais em troca.
Quando o Oliver começou a reagir e a se sentir bem e feliz, eu também me senti gratificada por saber que estava ajudando alguém a sobreviver.
O amor que eu transmiti a ele voltou para mim em forma de força, vontade de lutar e de realizar mais.
Hoje Oliver está bem e esperando por um ótimo lar.
Sei que vocês irão pensar: porque eu não fico com ele?
Preciso doá-lo porque eu já tenho tantos para cuidar que seria impensável dar toda a atenção que ele merece.
Então, preciso delegar e escolher muito bem a pessoa que irá cuidar do Oliver.
Você se candidata?

Maria Augusta Toledo

Para conhecer nosso trabalho clique:
http://anjosparaadocao.multiply.com/

O Oliver é novo ainda, deve ter em torno de dois anos de idade, ele tem a barbinha branca, mas é a cor do pêlo, o peito também é branco.
Ele é super bonzinho e educado, sabe dar até a patinha!

Se você gostou do Oliver e quer saber mais entre em contato:
augustatol@uol.com.br - São Paulo

antes.jpg

oliverdepois.jpg


RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |