Home
segunda-feira, 03  de março de 2008|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Emocionante >> Leão abraça dona como se fosse gente
Leão abraça dona como se fosse genteResponder sobre Leão abraça dona como se fosse gente
Administrador AB
3/3/2008
Leão abraça dona como se fosse gente

02/03/2008 - 22h17 - Atualizado em 02/03/2008 - 22h46
vejam o vídeo em
http://g1.globo. com/Noticias/ Mundo/0,, MUL334323- 5602,00-LEAO+ ABRACA+DONA+ COMO+SE+FOSSE+ GENTE.html

O leão Júpiter foi criado em um refúgio em Cali, na Colômbia.
Animal foi considerado manso demais por ex-donos.
Do G1, com informações do Fantástico
Quem já imaginou uma cena desta: um leão geme e abraça a dona como se fosse gente. Difícil também encaixar um cenário como este no meio de uma cidade tão caótica como Cali, na Colômbia.

Seguindo por uma estrada de terra da periferia norte de Cali, chega-se ao refúgio de Ana Júlia Jorge. São 20 mil metros quadrados de muito verde habitados por animais de todo o tipo. Todos sob os cuidados de Ana Júlia, que trata os bichos como filhos.

São quase 800 animais no refúgio, mas nada se compara ao que acontece entre Ana Júlia e o leão Júpiter. Tantos abraços e cafunés intrigam:
como uma fera tão temida como um leão se comporta como um bichinho de estimação nas mãos de Ana Júlia?

Ela conta que Júpiter nasceu num circo e, ainda pequeno, foi deixado em seu refúgio. Poucos meses depois, os donos do circo quiseram reaver o animal, mas logo voltaram para devolvê-lo. Disseram que Júpiter parecia um cachorro e era manso demais para ser um leão de picadeiro.

Júpiter então ganhou uma jaula espaçosa, uma gruta e 25 kg de carne a cada dois dias. "Em vez de viver numa carreta de circo, ele vive num espaço grande, natural", diz Ana Júlia.

E não há perigo em abraçar o leão? Para Ana Júlia, essa é a forma de o leão agradecê-la por estar livre do circo. A colombiana diz que o primeiro abraço que recebeu de Júpiter foi inesperado. "Um dia vi que ele queria me pegar. E le me abraçou!"

Ana Júlia garante que não teve medo e que apenas ficou surpresa com o abraço. Em contrapartida, quando um ser humano a abraça... "Isso sim me dá medo", diz dando risada.

RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |