Home
sexta-feira, 20  de junho de 2008|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Denuncie >> TAC NÃO FOI ASSINADO E O CCZ de Fortaleza-CE coontinua DESUMANO
TAC NÃO FOI ASSINADO E O CCZ de Fortaleza-CE coontinua DESUMANOResponder sobre TAC NÃO FOI ASSINADO E O CCZ de Fortaleza-CE coontinua DESUMANO
Administrador AB
20/6/2008
Dra. Geuza Leitão, Presidente e Advogada da União Internacional Protetora dos Animais – UIPA/Ce, torna público a falta de interesse da gestora municipal de Fortaleza-Ceará-Brasil, em resolver o problema da superpopulação de cães e gatos através da esterilização para que não haja mais o extermínio de animais. Confiram o artigo:

http://www.opovo.com.br/opovo/opiniao/798150.html

Chega de inércia
Após inúmeras solicitações à prefeitura de Fortaleza, promessas não cumpridas e relutância em assinar o Termo de Ajustamento de Conduta - TAC com o Ministério Público Estadual, que, investido de suas prerrogativas, intimou várias vezes o procurador geral do município para comparecer à Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Ceará, a fim de discutir sobre a proposta de humanizar o Centro de Controle de Zoonoses - CCZ, o descaso e a inércia do poder público municipal já atingiu todos os limites de tolerância.
Com cláusulas que estabelecem um controle populacional gratuito de caninos e felinos através de cirurgias de esterilização e castração realizadas pelo CCZ, o TAC elaborado pelo MP por solicitação da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa) está no aguardo da boa vontade da prefeitura em assinar o documento. Contudo, o MP, ciente da falta de interesse da gestora municipal em resolver o problema da superpopulação de cães e gatos através da esterilização, adotará as providências necessárias, tendo em vista que a população, consciente da importância desse método humanitário, não mais aceita o extermínio de cães e gatos como forma de controle de natalidade desses animais.

Geuza Leitão
Presidente da Uipa


RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |