Home
terça-feira, 10  de julho de 2012|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Leishmaniose >> O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
Léa Cristina Pereira dos Santos17/06/2009MEUS QUERIDOS AMIGO ABRAM O OLHO, OS AGENTES DO CCZ VEM VINDO COM TUDO, APOS ESSAS CHUVARADAS, ESSE TEMPINHO MEIO FRIOZINHO, ELES ESTÃO DE VOLTA, COM FORÇA TOTAL, PARA COLHER O SANGUE DE NOSSOS ANIMAIS, PARA COMEÇAR A MATANÇA DENOVO...O QUE FAZER??DEIXAR OU NÃO DEIXAR??. SICERAMENTE EU FICARIA MUITO SATISFEITA COM O CCZ, SE ELES ME MOSTRASE O QUE  ALEM DA EUTANÁZIA QUE PARA ELES É PRIMORDIAL, ESTÃO FAZENDO PARA MATAR OS MOSQUITOS QUE AINDA ESTÃO VIVOS VOANDO POR AI BEM TRANQUILOS..SERÁ QUE A SOLUÇÃO É MATAR, E MATAR NOSSOS CÃES QUE SÃO AS MAIORES VÍTIMAS DA SOLUÇAO VERGONHOSA QUE A SAÚDE E O CCZ ADOTARAM PARA ACABAR COM ESSA DOENÇA, ONDE MORREM CÃES E MAIS CÃES TODOS OS DIAS E AINDA NADA SE PROVOU DA EFICÁCIA DESSE PROCEDIMENTO ADOTADO POR ELES E ASSIM VIDA E MAIS VIDAS IRÃO SER EXTERMINADAS SEM PODERMOS FAZER NADA, OU QUASE NADA....CUIDO MUITO DE MEUS CÃES, TEMO POR ELES FARIA TUDO, MAIS TUDO QUE FOR PRECISO PARA AMPARA-LOS, POIS SÃO VIDAS DE DEUS, TÃO IMPÓRTANTES QUANTO A DE UM SER HUMANO, SÓ COM UMA DESVANTAGEM ELES NÃO PODEM FALAR.........POR ISSO FALO POR ELES....

 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
Nathali Machado Santetti18/06/2009

Concordo plenamente com a Lea.

As ações da Prefeitua em conjunto com o CCZ deveriam ter por meta a eliminação dos mosquitos e não dos cães, que são apenas hospedeiros.

Enquanto ficarmos em um posição possiva, atitudes como a eutanásia dos cães continuarão a acontecer.

Protejam seus animais!

 

 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
04/05/2010Olá Lea Cristina. Por um acaso lí sua observação sobre o CCZ, que vem vindo para matar os seus cães. Bom, eu trabalho num CCZ, sou Veterinário, e digo com toda certeza que sua observação é umabsurdo, sem nenhum fundo de verdade e fora do contexto científico. Com certeza você nunca foi a um CCZ, ou não conhece o que se faz lá, ou nunca estudou sobre leishmaniose visceral. Até parece que nos CCZ trabalham um monte de loucos que adoram matar cães, e não profissionais que estudam e só querem o bem estar animal e humano. No dia que você resolver estudar, se atualizar e ver a verdade, mudará de idéia.
 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
04/05/2010Olha, enquanto existirem pessoas como vocês, cegos e ignorantes, a leishmaniose continuará matando criancinhas pelo Brasil e infectando os cães saudáveis. Será que o Ministério da Saúde e os profissionais e cientistas estão loucos e você está certo? será?
 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
14/05/2010Fernando, não vou entrar em nenhuma outra questão em relação aos agentes do CCZ Campo Grande, pois sei que tirando um ou dois, o resto são frios e calculistas feito você, porque  não vai fazer algo de util, como por exemplo, visitar uma instituição feito o abrigo dos bichos ou fiel amigo, quem sabe lá você sim muda de idéia, deixe de lado um pouquinho só essa farda que te faz ser o dono da razão, razão essa , que não deixa você respeitar o ponto de vista das outras pessoas que por sinal as chamam de cegas e ignrantes, dentro de toda a minha ignorancia sei que o Ministério da saúde juntamente com os seus soldadinhos de chubos, pouco fazem para martar o mosquito que esta voando alegre e sorridente fazendo suas vítimas,!!! os cães que por sinal naão pediram para o mosquitos fazerem deles  um hospedeiro, bom se você quiser posso te ajudar a montar uma estratégia juntamente com o abrigo dos bichos a qual sou voluntária e a policia militar a qual  sou incorporada que também faz seu trabalho de concientização a população, a dialogar com os visinhos que jogam lixo em frente as nossas casas, e que os agentes de saude não fazem nada pois passam a bola pra voceis, agentes do CCZ...então fica aqui a minha indiguinação e meus aplausos  pois o meu objetivos surtiram  o efeito ...
 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
16/05/2010Administrador AB
13/5/2010

Especialista em saúde pública diz que eutanásia em cães não protege humanos

09 de maio de 2010

Asevidências científicas que preconizam a eutanásia em cães como forma deproteger os homens da leishmaniose visceral são frágeis e ambíguas, naopinião do médico e especialista em saúde pública tropical CarlosHenrique Nery Costa. De acordo com ele, a estratégia de eliminar cãesnão tem nenhum impacto sobre a saúde humana.

“Nãoadianta matar (cães) porque as pessoas não vão ter menos Calazar(leishmaniose). Até compreendo a “boa intenção” do Ministério da Saúde(MS), mas não é ciência. O volume de contaminações não seria maior semas eutanásias. Não existe uma única evidência de que tirar a vida de umcachorro protege as pessoas. Não tem nenhuma eficácia”, diz o médico.Até há cinco anos, ele era consultor do próprio MS para o programa decontrole de leishmaniose.

Doutor emSaúde Pública Tropical pela Harvard University, ele atualmente éprofessor da Universidade Federal do Piauí, médico do Governo do Estadodo Piauí e Coordenador Executivo da Rede Nordeste de Biotecnologia.Costa foi indicado como referência por vários membros de entidades deproteção animal de Bauru. Ele explica que a ideia da eutanásia começouhá mais de seis décadas com um famoso cientista israelense (Adler).

“Eletratou alguns cães na Palestina com as medicações disponíveis na épocae não curou. Concluiu que o melhor jeito de controlar a doença eramatar os bichinhos. Logo em seguida, começou o regime comunista naChina, onde a situação era deplorável do ponto de vista geral,inclusive de Calazar (leishmaniose). Decidiram então atacar o Calazar”,informa. Na época, trabalharam em três frentes: trataram em massa aspessoas, mataram cães em algumas áreas e usaram inseticidaextensivamente.

O DDT era utilizadonas paredes das casas, informa o médico. O país contava na ocasião comdois tipos de leishmaniose visceral. A zoonótica (que atinge homens eanimais – trata-se da encontrada no Brasil) e a antroponótica (sóinfecta seres humanos). “Quando começaram esse programa quase acabaramcom o Calazar, mas principalmente nas áreas de transmissão entrepessoas. O Calazar Zoonótico continua na China. Mas foi concluído quematar cachorro também era eficiente”, acrescenta.

Jáno Brasil, a história das eutanásias começa com o cientista JoaquimEduardo Alencar, no Ceará, explica o médico do Piauí. “Diante da grandequantidade de casos, ele começou a matar cães. Mas tem até um trabalhodele mostrando que nos distritos onde só fez matar cães, a doençacontinuou igual, até piorou um pouquinho. Mas nos municípios onde eleusou DDT, diminuiu bastante”, destaca.

Doponto de vista teórico, com base em modelagem matemática, o elo maisfrágil da transmissão da doença é o inseto, não o cão (reservatório),enfatiza. “Porém, os inseticidas atuais, do modo como são utilizados,parece que não são eficientes. O que devemos reavaliar, voltar aestudar é o DDT, que é objeto de muita controvérsia”, conclui.

OMinistério da Saúde não segue as normas internacionais de consulta àcomunidade científica, segundo o especialista em saúde pública tropicalCarlos Henrique Nery Costa. De acordo com ele, qualquer recomendaçãoconcernente à saúde pública deve ter fundamentos científicos, conformeconsta no Código Sanitário Internacional.

Paradispor de evidências científicas, o MS deveria encomendar oficialmenteum texto de especialistas tanto no assunto quanto em revisãosistemática. “Ele (o especialista) escreve o texto e faz uma avaliaçãoidônea, não enviesada da literatura. Feita a revisão, apresenta a umcomitê de pessoas que lida na área e, então, é retirada uma conclusão.Se a medida deve ser tomada ou não”, explica.

Jáo que foi feito em outubro do ano passado foi uma revisãobibliográfica, pondera o médico. Na ocasião, foram analisadosperiódicos científicos de circulação nacional e internacional, sendoque a conclusão reiterou a proibição do tratamento canino no País e aindicação de eutanásia para cães infectados. Segundo o texto elaboradopelo governo federal, os modelos de tratamento propostos atualmentepodem levar a uma melhoria transitória do quadro clínico do cão,reduzindo os níveis de parasitas.

“Revisãosistemática é outra coisa. A redação tem uma série de critérios eexigências. Aquilo foi uma revisão bibliográfica que você pode fazercom quem você quiser. Como é comum que os autores tenham uma opiniãoformada anteriormente, portanto tenham uma afinidade maior com certasreferências, a revisão bibliográfica simples não atende às exigênciasde uma representação idônea do pensamento científico”, finaliza.

Apossibilidade de existirem outros transmissores da leishmaniose, alémdo ‘mosquito palha’, tem sido aventada por alguns especialistas. Deacordo com Carlos Henrique Nery Costa, existem alguns estudos quetambém apontam como vetores um carrapato e outro inseto parecido com o‘palha’.

“O que é cientificamenteestabelecido, acordado, é o ‘mosquito palha’. Mas é possível sim quehaja transmissão direta entre cães. Como um cão lambendo o outro,mordendo o outro, tendo relações sexuais. É possível, mas não sabemos aexpansão disso. A pergunta que se coloca é a seguinte: de onde vêm osparasitas que infectam os insetos? Nos seres humanos, provavelmente dosangue. Já dos cães não temos certeza. Pode ser da pele, que estádoente, como pode ser do sangue também”, afirma.

Costadiz não ter nada a favor especialmente dos cães. Mas acredita tratar-sede um animal que merece respeito e humanidade. “Não pode ser submetidoa nada que ameace sua vida. Os cães não são seres moralmenteinsignificantes”, pondera.

Fonte: Jornal da Cidade

 Re: O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!Responder sobre O CCZ VEM AÍ NOVAMENTE QUERENDO MATAR NOSSOS CÃES!!
Renata Nóbrega Freire Aires10/07/2012Gente...estou chateada e preocupada com o Scooby o cão que foi arrastado pela moto e talvez vá ser sacrificado se o exame de leish der positivo....não podemos fazer algo? Pedir a um advogado para ajuizar alguma liminar impedindo o sacríficio e que a guarda vá para vcs? Sou de São Paulo, mas estou preocupada e gostaria de ajudar, pois sou advogada. O cachorro passa por um trauma desses e talvez vá ser morto?? Está na hora de mudar esse tipo de conduta...já foi mais que comprovado que não adianta sacrificar os cães para evitar a propagação da doença....Vamos abrir uma campanha via internet, para que o Ministério da Saúde muda essa forma arcaica de lidar com a doença...Matam os humanos por acaso, que possuem a doença? Chega de covardia.....me avisem sobre o Scooby!!! Abraços a todos que fazem um trabalho tão formidável como lutar pelos direitos dos animais.....
RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |