Home
sábado, 26  de março de 2011|  Adicionar aos Favoritos  |   Indique a um Amigo        
Foto
AjudeSou ContraCuriosidadesContate-nos
   Quem Somos
   Parceiros
   Reuniões e Eventos
   Contate-nos
Ajude
   Adote um Animal
   Abaixo-Assinados
   Castração
   Denuncie
   Doações para o Abrigo
   Posse Responsável
   Procura Animal Perdido
   Seja Voluntário
Sou Contra
   Animais em Circo
   Atrocidades
   Carroças Tração Animal
   Leishmaniose
   Pesquisas com Animais
   Rodeios
   Rotulagem Animal
   Touradas
Curiosidades
   Dicas e Orientações
   Divertidos
   Emocionantes
   Punições
   Sites/Links
 

 Forum >> Leishmaniose >> Fim dos Sacrifícios
Fim dos SacrifíciosResponder sobre Fim dos Sacrifícios
Administrador AB
26/3/2011

Fim dos sacrifícios

Cães abandonados receberão coleira contra a leishmaniose

24 de março de 2011

(da Redação)

Milhares de vidas serão poupadas com esta medida (Foto:s/c)

Neste semestre,  o Ministério da Saúde dará início a um estudo, em vinte municípios, com duração de  trinta meses, sobre a efetividade da utilização em massa da  coleira impregnada com princípio ativo repelente e inseticidacontra a leishmaniose, o que indica a adoção da política sugerida pela UIPA, em representação oferecida ao Ministério Público Federal, em maio de 2010, que solicitou providências contra a matança de cães, como pretensamedida de controle da leishmaniose, denunciando a ausência de uma políticas públicas eficazes contra o avanço da doença.

Apresentando inúmeros argumentos e estudos, em um arrazoado de 63 laudas, cuja pesquisa de dados e estudos apresentados teve a colaboração da jornalista Regina Macedo, a entidade contestou a tese defendida pelo Ministério da Saúde, que insistia em recomendar a morte de dezenas de milhares de cães, há décadas, sem respaldo científico algum, contra todas as evidências de que a eliminação de cães soropositivos em nada repercute na incidência da doença, que mantém-se elevada e em expansão pelo país, a despeito de todo o sacrifício promovido.

Após o acolhimento da representação, a UIPA enviou  ao Ministério Público Federal inúmeros estudos realizados em outros países sobre a eficácia  do encoleiramento, utilização em massa da  coleira Scalibor, impregnada comdeltametrina a 4%, que é o  princípio ativo repelente e inseticida, recomendado pela Organização Mundial da Saúde contra a leishmaniose.

A presidente da UIPA, com o apoio e acompanhamento do Deputado FederalRicardo Trípoli, foi a Brasília, solicitar a inclusão do encoleiramento em massa ao Ministério da Saúde que, logo no início da audiência, anunciou que, em 2011, realizaria o encoleiramento em alguns municípios para fins de estudo de sua efetividade

O encoleiramento em grande escala produz o denominado “efeito rebanho”, queé a extensão  de efeito protetor também aos não encoleirados, reduzindo-sea força de infecção pela barreira imposta pela coleira. Tendo em vista que o poder de infectar, os insetos pode persistir no animal tratado, o encoleiramento permitirá pleitear a liberação do  tratamento terapêutico (a coleira  evita a aproximação dos insetos; sem ser picado, o cão não transmite a infecção).

O encoleiramento em massa ainda reduz a pulverização de inseticidas, prejudiciais ao meio ambiente, além de representar gastos bem menores do que os despendidos com a censurável eliminação da vida de animais.

http://www.anda.jor.br/2011/03/24/caes-abandonados-receberao-coleira-contra-a-leishmaniose/?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter


RodapéRodapé
|   Home   |   Ajude   |   Sou contra    |   Curiosidades   |   Contate-nos   |   Login   |   FÓRUM   |   Perguntas Freqüentes   |