Login

Como escolher um cachorro para adotar?

Você está pronto para escolher um cachorro para adotar? Trazer um novo cão para sua vida é uma decisão importante. Primeiro, verifique se está pronto antes de iniciar o processo. Também é essencial que você entenda o custo de cuidar de um cão.

Se você decidiu que é a hora certa, parabéns! Agora é hora de descobrir que tipo de cão é ideal para você.

Existem vários fatores a considerar antes de escolher um cão. Mais importante ainda, entenda seu estilo de vida atual e considere quais ajustes você está disposto a fazer para se tornar um pai ou mãe de pet.

Observe as necessidades de sua família, especialmente se você tiver filhos, parentes mais velhos ou outros animais de estimação. Pessoas com alergias podem querer procurar tipos de cães específicos, que soltam menos pêlos, por exemplo, embora alguns alérgicos ainda tenham sintomas de qualquer forma.

Em seguida, pense no tamanho ideal, nível de energia e idade do seu novo cão. Apenas lembre-se de que adquirir um cachorro requer um compromisso firme com a posse responsável do cão por cerca de 10 a 15 anos, na maioria dos casos.

Para ajudá-lo a escolher um cachorro para adotar, vamos compartilhar com você algumas dicas essenciais para um processo bem sucedido. Acompanhe!

Como escolher um cachorro para adotar? | Foto 1

Foto: Animal shelter photo created by freepik 

Descubra como escolher um cachorro para adotar!

Escolher um cachorro para adotar é como escolher um amigo. Para que dois, ou mais, seres vivos convivam tranquilamente, é necessário que haja certo nível de compatibilidade.

Quanto mais compatível você for, mais feliz será. Se você se esforçar para combinar com um cão que complemente sua personalidade, expectativas e estilo de treinamento, poderá alcançar um relacionamento equilibrado que funcione para vocês.

Confira algumas dicas sobre como escolher um cachorro para adotar e acerte na escolha!

 

Qual o tamanho ideal do seu novo companheiro?

Você já deve saber que quer um cachorrinho de colo que pode ser carregado por aí, ou pode ter seu coração direcionado para um perfil de cachorro grande. Se você não pode decidir, talvez um cão de tamanho médio seja uma boa escolha.

Lembre-se de que alguns cães pequenos são delicados e mais vulneráveis ??a lesões. Ser pisado ou manuseado incorretamente pode causar ferimentos graves.

Além disso, cachorros pequenos podem ser mais sensíveis a temperaturas mais frias, então esteja pronto para ajudar a mantê-los aquecidos. Eles também podem precisar de refeições mais frequentes e pausas no banheiro devido ao seu tamanho, o que pode demandar mais atenção do que alguns cães maiores.

Não se esqueça de que cães pequenos também precisam de treinamento de obediência! Às vezes, os cachorrinhos não são treinados de forma consistente, pois são fáceis de pegar e remover fisicamente de situações difíceis, no entanto, isso pode levar a comportamentos indesejados, como rosnar ou querer constantemente ser segurado. Certifique-se de estar preparado para essa possibilidade.

Cães muito grandes precisam de um pouco mais de espaço para se movimentar. Cães grandes e felizes com caudas longas e parecidas com chicotes precisam de espaço extra para evitar ferimentos na cauda ou danos a objetos domésticos.

Outra consideração são as despesas: quanto maior o cão, mais caros se tornam itens como ração, suprimentos para cães e tratamentos médicos. O treinamento também é um fator chave aqui. Se você tiver um filhote de raça grande ou gigante que pode agir como um cão de colo quando jovem, ele crescerá para andar em cima de você, literalmente!


Qual o nível de atividade do cão é compatível com a sua rotina?

Você provavelmente já sabe que alguns cães têm mais energia do que outros. O nível de atividade de um cão geralmente é determinado pela raça predominante, mas isso não significa que você pode confiar apenas na raça para determinar o quão enérgico seu cão pode se tornar.

Todo cão precisa de exercícios de rotina, independentemente da raça ou tamanho, por isso certifique-se de que você pode fornecer isso diariamente. Se você sabe que não pode se comprometer com mais de uma ou duas caminhadas casuais por dia, provavelmente ficará melhor com um cão de menor energia.

Se você está procurando um cão que pode ser um parceiro de corrida, competidor de agilidade ou “cão de bolinha”, considere isso na hora de escolher seu novo amigo.

Esteja disposto a ajustar a quantidade de exercício e atenção que você dá ao seu cão, se necessário. Um cachorro que está latindo constantemente, cavando seu quintal, destruindo sua casa ou agindo de alguma outra forma pode precisar de atividades extras, enriquecimento mental e treinamento adicional.

Muitos problemas de comportamento são exacerbados pelo excesso de energia. Infelizmente, muitos cães são abandonados ou até mesmo sacrificados por problemas de comportamento que podem resultar da falta de socialização, exercício, treinamento e atenção, por isso é importante fazer sua pesquisa e garantir que o cão que você deseja seja compatível com seu estilo de vida.

 

Quais são as necessidades de manutenção do cão?

A aparência do seu cão tem muito a ver com suas necessidades de manutenção. Todos os cães precisam de cuidados básicos, mas certos tipos precisam de mais com base no tipo de pelagem.

Se você tem um cão com pelos que não param de crescer, então a preparação de rotina avançada é essencial. A maioria dos cães de pelo curto e pelagem lisa são grandes descamadores, então esteja preparado para fazer uma limpeza extra. Algumas ferramentas de limpeza podem ajudar a reduzir o trabalho.

Esteja ciente de que cães com orelhas compridas e caídas são mais propensos a infecções de ouvido e podem exigir limpezas de ouvido completas e frequentes. E muitos cães de raças pequenas são propensos a doenças dentárias, o que pode exigir procedimentos odontológicos caros, bem como escovação regular dedicada em casa.

Além disso, certos tipos de cães podem babar muito. Muitos donos carregam um pano com eles para limpar a baba. Se eles balançarem a cabeça, cuidado!

 

Qual a idade ideal do seu novo companheiro?

Os filhotes exigem a maior quantidade de treinamento e atenção, especialmente nos primeiros seis meses. Esteja preparado para dedicar grande parte do seu tempo a bagunça e criar seu novo filhote.

Seu cão provavelmente terá muitos acidentes em casa e provavelmente mastigará seus móveis e pertences pessoais.

Esses problemas serão resolvidos gradualmente com treinamento dedicado, mas a paciência é essencial. Você também deve estar ciente de que seu filhote pode crescer e ser diferente do que você esperava. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, apenas algo para se manter em mente.

Cães adultos podem ser uma excelente escolha. Um adulto pode ser uma escolha melhor se você quiser ter uma boa ideia do verdadeiro nível de energia, atitude e temperamento do seu novo cão.

Só porque o cão é um adulto não significa que ele é treinado, então você ainda deve esperar algum grau de treinamento dedicado no início. Felizmente, muitos cães adultos foram treinados e socializados até certo ponto e podem se adaptar facilmente às suas novas vidas em seus lares definitivos.

Cães idosos não devem ser esquecidos! Receber um cão idoso em sua casa pode ser uma maneira maravilhosa de trazer alegria aos anos dourados de um cão. Infelizmente, cães idosos são menos propensos a serem adotados e muitas vezes acabam vivendo suas vidas em abrigos ou sendo sacrificados.

Um cão sênior pode ser um companheiro maravilhoso se você estiver procurando por um cão de baixa energia. No entanto, é importante saber que seu cão idoso precisa de atenção especial, exames veterinários mais frequentes e é mais provável que desenvolva problemas de saúde que custam tempo e dinheiro para serem resolvidos.

Ao contrário de um filhote ou cão adulto, você deve saber que não terá tantos anos com seu cão sênior. Se você estiver disposto a aceitar as responsabilidades, considere adotar um cão idoso. Pode ser uma das coisas mais compassivas que você pode fazer por essas criaturas preciosas.

 

Será que o seu cachorro precisa ter uma raça específica?

Cães de raças misturadas, os famosos "vira-latas'', podem ser a melhor escolha e transformar sua vida para melhor.

A combinação de duas ou mais raças de cães muitas vezes pode equilibrar suas personalidades e características físicas.

Independente da raça ou origem de um cão, não há como saber exatamente como seu filhote ficará quando crescer, e você realmente não pode prever problemas de saúde. Muitos especialistas acreditam que os cães mestiços acabam com menos problemas de saúde do que os cães de raça pura.

No geral, eles tendem a ser ótimos companheiros, são inteligentes e únicos. Além disso, adotar um cão vira-lata geralmente significa que você está salvando aquele cão de uma vida solitária em um abrigo!


Gostou das nossas dicas sobre como escolher um cachorro para adotar? Então chegou a hora de escolher o seu novo companheiro. Confira a nossa lista de cães disponíveis para adoção na sua região!


The post Como escolher um cachorro para adotar? originally appeared on Procure 1 Amigo.